Início >> Notícia >> Categoria >> Mundo >> Com-nova-Previdencia-idosos-de-baixa-renda-vao-receber-menos-que-um-salario-minimo

Com nova Previdência, idosos de baixa renda vão receber menos que um salário mínimo
A renda mínima de R$ 500 para pessoas em condição de 'miserabilidade' com 55 anos ou mais

5/31/2019 às 9:54 PM 5/31/2019 às 9:58 PM

511

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Estadão

governo Jair Bolsonaro pretende criar regras diferenciadas para o público que hoje recebe o Benefício da Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. A principal mudança é que o valor do pagamento não ficará atrelado ao salário mínimo como é hoje.

Essa medida foi a que teve pior repercussão entre os parlamentares no Congresso Nacional, após a divulgação da minuta da reforma da Previdência com exclusividade pelo Broadcast. Deputados e senadores já avisam que uma medida como essa não passa no plenário das duas Casas. A avaliação é de que a ideia penaliza a população que hoje já sofre para conseguir se sustentar.

O ex-presidente Michel Temer também tentou propor a possibilidade de pagar benefícios assistenciais abaixo do salário mínimo, mas foi um dos primeiros pontos a cair em meio às negociações com os parlamentares. No governo, a percepção é de que não se pode atrelar o salário mínimo, que estabelece a remuneração básica do trabalhador, à assistência, cujo pagamento não requer nenhuma contribuição.

Para tentar vencer as resistências, a equipe econômica propõe uma idade menor que a atual, de 65 anos, para que os mais pobres comecem a receber o benefício assistencial. Pessoas “em condição de miserabilidade” e que não tenham conseguido contribuir à Previdência pelo tempo mínimo exigido para a aposentadoria receberão R$ 500,00 a partir dos 55 anos. O valor aumenta para R$ 750,00 a partir dos 65 anos.

Haverá ainda um benefício extra para pessoas acima de 70 anos e que tenham contribuído por ao menos dez anos ao INSS. Esse período é insuficiente para pedir aposentadoria, mas vai garantir um adicional de R$ 150,00.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179
VEJA TAMBÉM
Geral

Modernização e inovações tecnológicas marcam nova fase do Ipem em Rondônia

O Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) de Rondônia é um aliado da sociedade e passa por uma nova fase.
Data 2/9/2018 às 2:49 AM
Comunidade

Santo Antônio Energia assina acordo com moradores do reassentamento Morrinhos

No acordo, a empresa irá destinar um auxílio financeiro às famílias e à associação dos moradores
Data 2/7/2018 às 6:40 PM
Geral

Após agressão a estudante, PM de Goiana afasta capitão de funções de rua

Sampaio continua trabalhando, mas em funções administrativas internas.
Data 5/1/2017 às 9:13 PM
Esporte

Primeira semana de fim de ano tem show, melhor tem Esporte Show!

Tá chegando a hora!!
Data 11/30/2017 às 5:05 AM
Mundo

Arábia Saudita finalmente permite que as mulheres dirijam

A medida, esperada há décadas pelas ativistas, entra em vigor neste domingo ofuscada pela prisão de várias delas
Data 6/25/2018 às 7:55 AM
Geral

Pais das vítimas da Boate Kiss foram preocessados pelo Ministério Público

Promotores não gostaram das críticas feitas pelos pais a imprensa.
Data 1/24/2017 às 2:35 AM
Comunidade

Lei de regularização fundiária já é realidade em Rondônia

Os primeiros títulos já são entregues em Rondônia
Data 11/1/2017 às 8:10 PM
Geral

Número dois da Uber deixa a companhia, que avalia mudanças na direção

Michael deixou o cargo na empresa, segundo fontes próximas ao caso. A multinacional passa por uma reforma da direção em meio a acusações de machismo e abuso sexual
Data 6/15/2017 às 2:18 PM