Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> Tarifa-de-energia-eletrica-no-AC-tem-reajuste-de-mais-de-21-aprovado-pela-Aneel

Tarifa de energia elétrica no AC tem reajuste de mais de 21% aprovado pela Aneel
Reajuste passa a valer a partir desta quinta-feira (13). Principal motivo para aumento foi a falta de chuva no decorrer do ano, informou Energisa.

12/14/2018 às 9:30 PM 12/14/2018 às 9:30 PM

488

Publicada por: Francisco Silva
Fonte: Aline Nascimento, G1 AC

A Eletrobras Distribuição Acre informou, nesta terça-feira (11), que a tarifa de energia elétrica do Acre vai ter um reajuste de 21,29%. O aumento começa a contar a partir da quinta (13).

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que o principal motivo para o reajuste foi a falta de chuva no Brasil no decorrer do ano. Por outro lado, o reajuste da parcela para as distribuidores foi negativo, de -0,29%.

“Esse efeito do custo de energia, que está compreendido dentro da parcela A, correspondeu ao todo 21% do efeito médio. Enquanto a parcela B, que fica com a Eletroacre, tem um reajuste negativo, ou seja, a receita que ela vai receber ao longo dos próximos 12 mese é menor", explicou o gerente de regulação do Grupo Energisa, Felipe Tenório.

Ainda segundo Tenório, a próxima fatura de energia elétrica será calculada em cima do consumo feito até o dia 13 com a tarifa vigente e o consumo, a partir desta data, calculado com o reajuste.

"É importante a compreensão de que a conta não é apenas pelo custo da Eletroacre. Compreende a Eletroacre, que é a distribuição, mas também tem os encargos e impostos das empresas de transmissão", afirmou.

O gerente ressaltou ainda o Brasil possui um sistema de atendimento de fornecimento de energia interligado, que é mais eficiente, e não trata a aquisição de energia de forma isolada.

"A Eletrobras possui em seu contrato usinas que geram energia através do vento, que é a energia eólica, localizadas no Nordeste. Ou seja, tem um custo mais baixo do que uma usina hidráulica, e o consumidor do Acre está sendo beneficiado com um custo mais baixo por essa energia adquirida do Nordeste. Justamente porque o Brasil é um sistema interligado, então, o efeito de falta de chuva afeta o país interior”, finaliza.

Publicado por: Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (1/2018) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969. CV: http://lattes.cnpq.br/4738070963523179
VEJA TAMBÉM
Concurso e Emprego

Inscrições abertas para serviços administrativos da PM e Bombeiros de Rondônia

São 200 vagas para jovens entre 18 e 23 anos.
Data 7/14/2017 às 2:04 PM
Cultura

A Amazônia não é nossa

O governo Temer e a bancada ruralista do Congresso estão empenhados em transformar a maior floresta tropical do mundo em propriedade privada de poucos
Data 10/4/2017 às 8:26 AM
Geral

Petrobras anuncia redução de 2,8% no preço da gasolina

Trata-se do 5º corte seguido. Preço do litro cairá 2,84% a partir desta terça-feira (29), passando de R$ 2,0096 para R$ 1,9526
Data 5/30/2018 às 12:37 AM
Economia

Preço do diesel e do frete são bombas relógio para o governo desarmar

Subsídio ao combustível termina em 31 de dezembro. Enquanto isso, ANTT passa a aplicar multa a empresas que descumprirem o pagamento do piso para o valor do carreto
Data 11/13/2018 às 2:58 PM
Geral

Falha em disjuntor no Xingu provocou "colapso" de energia no Norte e Nordeste

O diretor geral do ONS afirmou ainda que todos os Estados das regiões Norte e Nordeste foram afetados pelo apagão
Data 3/22/2018 às 7:51 AM
Economia

Congresso aprova Orçamento de 2018 com déficit menor e salário mínimo de R$ 965

Parlamentares aprovaram texto que prevê deficit primário de R$ 157 bi para o governo federal no próximo ano
Data 12/15/2017 às 9:18 AM
Geral

Justiça manda Ceron indenizar morador que ficou sem energia por 6 dias em RO

Morador alegou ter sofrido sérios abalos, transtornos e angústias devido a falta de energia. Ceron terá que pagar ainda as custas processuais.
Data 10/11/2017 às 9:30 PM
Geral

Porto Público de Porto Velho comemora resultados de 2017

Até o fechamento do relatório de movimentação de cargas, realizado em dezembro, a previsão da 2,4 milhões de toneladas exportada/importada
Data 12/22/2017 às 9:08 PM