Início >> Notícia >> Categoria >> Geral >> cinco-mortos-em-queda-de-avioneta-junto-ao-lidl-em-tires

Cinco mortos em queda de avioneta junto ao Lidl em Tires

A aeronave caiu sobre um camião que descarregava junto ao supermercado Lidl, em Tires.

Cinco mortos em queda de avioneta junto ao Lidl em Tires

329

Francisco Silva 17/04/2017 às 14:39 17/04/2017 às 14:40

Uma avioneta despenhou-se, esta segunda-feira, em Tires junto a um supermercado. A bordo seguiam quatro pessoas, que não sobreviveram. Há ainda uma outra vítima mortal.

A aeronave caiu sobre um camião que descarregava junto ao supermercado Lidl, em Tires. O alerta foi dado às 12.05 horas.

VEJA O VÍDEO

Fonte oficial do GPIAAF - Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários disse à Lusa que a aeronave descolou do aeródromo de Tires em direção a Marselha, França, tendo-se despenhado cerca de dois mil metros depois da descolagem.

Vários testemunhos ouvidos pelo JN no local relatam que a avioneta "fez piruetas no ar" antes de se despenhar.

Fonte do setor aeronáutico indicou à Lusa que o aparelho é um Piper, modelo Cheyenne II, bimotor.

As vítimas são o piloto e os três ocupantes da aeronave, que tinha matrícula suíça, acrescentou a mesma fonte. A polícia identificou três de nacionalidade francesa e outro de nacionalidade suíça.

 

A quinta vítima mortal será o condutor do camião, embora André Fernandes, comandante da Proteção Civil, em declarações aos jornalistas, ainda não tenha confirmado essa informação, salientando que as autoridades ainda estão a fazer buscas.

Não há vítimas entre os funcionários do Lidl, disse à Lusa fonte da cadeia de supermercados, confirmando que o aparelho caiu junto aos armazéns da loja.

O supermercado encontrava-se, na altura do acidente, com alguns clientes, mas, segundo André Fernandes, as pessoas saíram do estabelecimento sem problemas de maior, depois de ativados os procedimentos de segurança.

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve no local, mas não quis prestar declarações.

 

Há ainda registo de quatro feridos ligeiros, por inalação de fumo. Três foram transportados para o hospital de Cascais e um foi assistido no local.

 

Nove desalojados

Segundo o comandante municipal da Proteção Civil, Pedro Mendonça, "ficaram nove pessoas desalojadas" devido aos danos causados numa habitação e num anexo. "Mas não foi preciso realojá-las porque vão ficar com familiares", acrescentou.

As nove pessoas residiam numa habitação e num anexo situado junto ao supermercado Lidl.

O dispositivo de socorro no local envolveu 90 operacionais, apoiados por 37 viaturas, acrescentou o responsável da Proteção Civil.

No local esteve também o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, que admitiu não existirem mais vítimas mortais, na sequência dos trabalhos desenvolvidos pelos operacionais de socorro.

O governante referiu que as autoridades de socorro chegaram ao local "seis minutos" após o alerta.

Veja a foto no Twitter

View image on Twitter

Tragédia há momentos na zona de Tires, S. Domingos de Rana, queda de avião após descolagem. Oxalá não haja vítimas a lamentar

O aeródromo de Tires, que foi encerrado na sequência da queda da aeronave, foi reaberto às 14.20 horas.

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, lamentou as cinco vítimas mortais, mas lembrou que os acidentes não são recorrentes e que o aeródromo local tem segurança. "Ainda não estão apuradas as causas do acidente, isso agora compete às autoridades, mas o aeródromo está certificado com todas as condições de segurança", afirmou.

Fonte: JN Direto

Acidente Avião Morte

Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (2/2017) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969

Veja também

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites