Início >> Notícia >> Categoria >> Música >> festival-caymmi-de-musica-acontece-neste-sabado-e-domingo

Festival Caymmi de Música acontece neste sábado e domingo

Além de representantes concorrentes ao Prêmio Caymmi de Música o projeto recebe a convidada Anelis Assumpção.

Festival Caymmi de Música acontece neste sábado e domingo

507

Francisco Silva 11/04/2017 às 22:42 11/04/2017 às 22:42

Ondas marítimas, poesia e música estarão reunidas na 2ª edição do Festival Caymmi de Música, que acontece a partir deste sábado, 8, no Passeio Público e circula, posteriormente, em Plataforma, Itapuã e Parque da Cidade. O evento gratuito abre espaço não somente para a música,  mas para diversas artes, como a artesã e as artes visuais. 

Além de representantes concorrentes ao Prêmio Caymmi de Música, como Flávia Wenceslau, o projeto recebe a convidada  Anelis Assumpção.

“A obra de Caymmi atinge a todos nós. No meu caso, talvez seja mais romanticamente, eu sempre ouvi muito”, declarou Anelis.  “Certamente é a música que ensina, ensinou a muitas pessoas uma relação com a religião, relação com a poesia, da fé dentro da poesia, uma coisa mais espiritual”, continuou.

Filha de Iemanjá, Anelis garante  que qualquer música de Dorival que fale do mar é muito importante para ela. Mas que existe uma em especial, a Suíte do Pescador, que é – corriqueiramente – conhecida como Jangada.

“É uma música que eu canto para meu filho dormir, que é quase uma música de acalanto, a forma que essa canção chega na gente é de aconchego, ela é muito poderosa”, expressou-se.

Na apresentação, Anelis vai interpretar a música Deuso Deusa, do disco Amigos Imaginários, que segundo a cantora, ela não costuma cantar em show, mas que vai abrir exceção por acreditar que tem uma linha de conexão com a obra de Dorival. Assim como também irá cantar  o sucesso  Eu Gosto Assim e Mau Juízo.

Outras Vozes

Uma das novidades desta edição é a participação de Coletivos, que a diretora geral do festival, Elaine Hazin, chama de ocupação. 

“A gente não poderia chegar nos lugares e não olhar para os entornos”, afirmou ao se referir ao diálogo feito com as comunidades dos bairros.

Entre as manifestações está a do grupo que compõe o Sarau do Gueto, tendo como mentor o poeta Pareta Calderasch e a participação da Associação de Moradores do Solar do Unhão.

Veja o vídeo

Pareta, que disse fazer suas recitações em ônibus, ficou feliz ao receber o convite para participar do festival pela equipe de qualidade envolvida, pela segurança que isso envolve e, sobretudo, por ser uma forma de reconhecimento do seu trabalho.

Segundo a diretora geral do festival, quase todos os lugares tem relação com o mar, justamente para fazer relação com a música de Caymmi, com exceção do Passeio Público. 

Esse foi escolhido pelo resgate histórico, por ser onde os artistas tropicalistas se encontraram pela primeira vez no show chamado Nós, Por Exemplo, antes mesmo do Tropicalismo se denominar como tal. E é justamente nesse ambiente que Flávia Wenceslau, concorrente na categoria Show ao Prêmio Caymmi de Música, faz sua apresentação. 

Ela irá cantar músicas como O Silêncio, que já foi gravada na voz de Maria Bethânia, e Por uma Folha – mesmo nome do espetáculo participante da seleção do evento.

“Eu acho que é um trabalho de cidadania. O festival presta esse serviço, tem a questão de colocar música, a arte, mais diretamente ao acesso das pessoas”, afirmou Flávia.

Com direção artística de Márcio Meirelles, o evento foi pensado de uma forma que cause prazer estético aos ouvintes.

Fonte: UOL

Festival Caymmi

Francisco Silva

Proprietário da web Rádio Amazônia Central, Acadêmico em sistemas de informação 8º período (2/2017) e Editor de imagens. WhatsApp (69) 9 9283-9969

Veja também

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites